Aqui Tailandia

FILIPINAS - POLÍTICA -Renascimento da família Marcos" - 17Out2018 15:00:00


Filha de Ferdinand Marcos inicia candidatura no Senado, pois a família Marcos busca fortalecer a influência política


Imee Marcos (centro), filha do ex-homem forte Ferdinand Marcos, e seu filho Borgie (segundo da esquerda) entram no escritório da Comissão de Eleições em Manila, em 16 de outubro de 2018. FOTO: EPA-EFE
.
16 de outubro de 2018, 18:44 SGT
.
Raul Dancel - Asia Times
.
A filha mais velha do ex-ditador filipino Ferdinand Marcos iniciou na terça-feira (16) sua candidatura para garantir um lugar no Senado para solidificar o retorno político de sua família desde que os Marcos fugiram em desgraça após uma revolta popular há mais de 30 anos.
.
"Nosso país está pronto para ouvir outros pensamentos e nosso lado da história ... Acredito que houve uma mudança na forma como o passado é interpretado", disse Imee Marcos, 62, a repórteres após apresentar seu certificado de candidatura para concorrer no Senado. eleição no próximo ano.
.
"Eu acho que a nova geração, particularmente a geração do milênio, está pronta para ouvir o nosso lado da história", disse Marcos.
.
A mãe de três filhos está em seu último mandato como governadora da província de Ilocos Norte, no norte das Filipinas, depois de ter sido eleita para o cargo em 2010.
.
Na terça-feira, os partidários de Chel Diokno, advogado de direitos humanos que também está concorrendo a senador, zombaram de Marcos quando ela seguiu para o escritório da comissão eleitoral, gritando: "Marcos, Hitler, ditador, cão de colo!"
.
Diokno é filho do ex-senador Jose Diokno, defensor dos direitos humanos que foi preso por Ferdinand Marcos logo após a lei marcial ter sido declarada em 1972.
.
Mas as pesquisas mostram que a sra. Marcos provavelmente vencerá a eleição.
.
Sua provável vitória reforça o fato de a família Marcos ter desfrutado de um renascimento depois que fugiu das Filipinas, em 1986, em face de uma revolta do "poder do povo". Isso foi desencadeado pela revolta pública contra os abusos cometidos por Marcos, especialmente o assassinato de seu rival político, o ex-senador Benigno Aquino Jr.
.
O último suspiro da família Marcos
.
Milhares de pessoas foram mortas e torturadas durante a era de Marcos, e a família Marcos foi acusada de roubar cerca de US $ 10 bilhões (US $ 13 bilhões) em tesouros do governo para enriquecer-se.
.
Marcos morreu no exílio no Havaí em 1989, mas sua esposa, Imelda e seus filhos foram autorizados a voltar para casa.
.
Com uma nova geração de eleitores nascidos após a insurreição de 1986 ganhar influência nas pesquisas, a família viu uma recuperação em suas fortunas políticas.
.
A Sra Marcos, 89 anos, é uma congressista e agora está concorrendo para governador da província de Ilocos Norte, o bailiado da família no norte das Filipinas. Sua companheira de chapa será seu neto Matthew Marcos Manotoc, 28 anos, membro do governo da província de Ilocos Norte.
.
Uma das razões para o renascimento da família Marcos é que eles capitalizaram os eleitores insatisfeitos com a maneira como as Filipinas foram administradas nas últimas décadas.
.
Grande parte da raiva que alimenta a ascensão de Marcos foi dirigida à família de Aquino.
.
Pouco depois da revolta de 1986, a viúva de Aquino, Corazón, tornou-se presidente e guiou o país para fora de divisões profundas, à medida que se ajustava à democracia.
.
Seu filho, Benigno Aquino III, mais tarde se tornou o presidente de 2010 a 2016.
.
Embora as instituições democráticas tenham sido restabelecidas e as Filipinas tenham gozado de alguma medida de prosperidade nos últimos 30 anos, muitos eleitores, especialmente os mais jovens, acham que o crescimento beneficiou apenas a elite política e econômica e não chegou ao nível mais amplo. população.
.
Eles culpam os Aquinos e seus apoiadores, apesar das Filipinas terem assistido a uma sucessão de presidentes de partidos políticos rivais, incluindo o ex-ator Joseph Estrada, que é um aliado da família Marcos.
.
Em uma medida de como a maré se voltou contra os Aquinos, o senador Paolo Benigno Aquino IV, sobrinho de Aquino III, tem se saído mal nas pesquisas, ao buscar a reeleição para o Senado.
.
A família Marcos também se beneficiou da ascensão do presidente Rodrigo Duterte, um autoproclamado fã do Sr. Marcos e de seu jeito forte.
.
Em 2016, ele concedeu o desejo de longa data de Marcos de que seu pai fosse enterrado com honras militares no cemitério de heróis de Manila.
.
Ele também disse que, se ele se demitir, o Sr. Marcos Jr seria um substituto capaz para ele do que sua atual vice-presidente, Leni Robredo.
.
Marcos também forjou uma estreita aliança política com a filha de Duterte, a prefeita da cidade de Davao, Sara Duterte.
.
Mas os sentimentos ruins em relação aos Marcos continuam a ser profundos entre muitos filipinos.
.
Ms Marcos recentemente recorreu com raiva depois de aconselhar Filipinos a seguir em frente e esquecer o passado.
.
"Os millennials seguiram em frente, e eu acho que as pessoas da minha idade também devem seguir em frente", disse Marcos, citada pelos jornais locais.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/EUySiqNZq8U/filipinas-politica-renascimento-da.html

DO COLEGA "O JUMENTO" - 17Out2018 02:51:00

O ELEITORALISMO BOM E O ELEITORALISMO DOS VELHACOS

(In Blog O Jumento, 16/10/2018)
orçamento19
Andam por aí algumas virgens armadas em debutantes neste baile em que está transformado o debate político sugerindo que este OE é eleitoralista. Claro que é eleitoralista, todos os OE são elaborados a pensar em eleições e desde os tempos de Salazar e Marcelo que, felizmente, os orçamentos são eleitoralistas. Há quem prefira governos que não têm de se preocupar com a realização de eleições, mas ainda bem que esses ainda não mandam e o governo de António Costa enfrenta eleições.
Mas dizer que em Portugal um OE que prevê um défice de 0,2% é eleitoralista não só dá vontade de rir, como são os críticos do governo que lhe estão a dar o mais poderoso dos argumentos eleitoralistas. Se um OE com aquele défice consegue margem para ter tantas medidas acusadas de eleitoralismo, então é porque o governo é mesmo bom.
Dar aumentos de pensões, de vencimentos, de investimentos na saúde, de redução do custo da energia, e ao mesmo tempo ter um OE equilibrado, é algo de muito bom na história de Portugal deve ser considerado um milagre; desde os tempos em que acabou o ouro do Brasil que não se via nada semelhante, nem no tempo do Salazar!
.
Mas seria bom que estes paspalhos se lembrassem da última vez que elogiaram um governo e um orçamento elaborado a pensar em eleições: que era muita generosidade o reembolso da sobretaxa, que um défice de 3% punha a Maria Luís ao lado do Salazar no pódium dos magos das finanças. Nesse tempo cortar salários, promover despedimentos e cortar pensões eram um bom motivo para votar num governo da extrema-direita chique.
.
Nesse tempo, essa extrema-direita chique, que agora está acoitada no Observador, não reparou que a antecipação das receitas fiscais de 2016 foi o truque usado para cumprir o défice, não sabiam que o bingo do reembolso da sobretaxa era batota eleitoral com cartas marcadas. Mas eles sabiam tão bem o que tinham montado para 2016, ano em que contavam governar e pedir um segundo resgate para poderem continuar a governar de acordo com a agenda da extrema-direita.
Quando Passos Coelho anunciou o diabo ? e toda a extrema-direita estava à espera que o governo caísse sob o peso das contas públicas -, não falaram em OE eleitoralista, nem o OE de 2016, nem o de 2017. Agora sim, já deram pelo eleitoralismo, têm toda a razão, há um eleitoralismo bom e um eleitoralismo digno de velhacos.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/X1VlPGu0fiE/do-colega-o-jumento.html

ACORDA TUGA! - 17Out2018 02:46:00

É ASSIM O ZÉ TUGA... EU SÓ TENHO UM PARTIDO... (VOTAM SEMPRE NO MESMO!) NÃO PERCEBEM A PONTA DUM CORNO DE POLÍTICA E...
DESDE O 25NOV.75 DEIXARAM ARRASAR PORTUGAL!
.
250 BILIÕES DE DÍVIDA EXTERNA NUMA PERCENTAGEM DO PIB DE 130%, OU SEJA, OS "PULHÍTICOS" GASTARAM NOS ÚLTIMOS ANOS, MAIS 30% DO QUE TUDO AQUILO QUE É PRODUZIDO... A AGRICULTURA SÓ PRODUZ 40% DA NOSSA ALIMENTAÇÃO E OS "PULHÍTICOS" VENDERAM TODOS OS BENS DO ESTADO POR BILIÕES (EDP, GALP. CEREALIS, CIMPOR. CTT, PT, T...



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/2z2czQJNbsI/acorda-portugal.html

"Passaportes de ouro" ameaçam a segurança europeia, adverte o comissário da UE - 17Out2018 02:23:00



Exclusivo: "cidadania à venda" sob crescente escrutínio de governos e agências de segurança

.
? O possuidor do passaporte que comercializa a cidadania por dinheiro

Juliette Garside e Hilary Osborne

Ter 16 de outubro de 2018 16.00 BST


Um manifestante carrega uma foto da jornalista maltês, assassinada, Daphne Caruana Galizia em um protesto em Valletta, Malta, em abril. Foto: Darrin Zammit Lupi / Reuters
.
A segurança da Europa está sendo posta em risco pelos chamados esquemas de "passaporte de ouro" que permitiram aos estados vender cidadania ou residência a indivíduos potencialmente "perigosos", alertou o comissário de justiça da UE.
.
V?ra Jourová descreveu os programas como ?problemáticos? e ?injustos? - ecoando as preocupações privadas das agências de inteligência da Europa, que temem que ?passaportes de ouro? tenham sido explorados por pessoas com dinheiro suficiente para comprar acesso ao Reino Unido e à Europa.
.
Seus comentários foram divulgados em Malta e Chipre, que foram citados em uma lista negra de 21 nações que operam esquemas de passaportes que são considerados de alto risco de evasão fiscal. A lista foi publicada na terça-feira pela OCDE, uma think-top líder, que quer controles mais rígidos. Os dois estados membros da UE já venderam cidadania para centenas de indivíduos da Rússia, China e Oriente Médio.
.
Jourová disse que ganhar dinheiro estava sendo colocado antes da segurança. ?Entendo que os esquemas de cidadania são favoráveis ??para a economia. Mas isso é injusto para as pessoas que não podem pagar a cidadania. E a cidadania é algo tão, tão grande e tão valioso que a cidadania à venda parece bastante problemática para mim ?.
.
Ela acrescentou: ?Temos preocupações legítimas, porque se em um país uma pessoa perigosa consegue a cidadania, ele ganha cidadania em toda a Europa. Talvez todos nós tenhamos que renegociar todo o sistema e toda a competência da Europa. Porque existe uma contradição.
.
"Uma vez que temos alguns pontos fracos na UE, alguns pontos fracos em que é fácil entrar no espaço, toda a Europa tem um problema."
.
A inteligência britânica também é conhecida por estar profundamente infeliz com os esquemas. "Não é apenas uma preocupação para nós, é uma preocupação para todos", disse uma fonte de Whitehall.
.
A Jourová deve emitir um relatório recomendando controles mais rigorosos sobre os esquemas até o final do ano. No momento, Bruxelas não tem poder para proibi-los, embora isso possa mudar.
.
O comissário disse que seu relatório insistiria em ligações verdadeiras entre um comprador de passaporte e o país cuja cidadania eles estavam solicitando.
.
Jourová estava falando em uma entrevista especial para marcar o primeiro aniversário da morte da jornalista anti-corrupção Daphne Caruana Galizia, que foi morta em um atentado a bomba em Malta.
.
O comissário lamentou a falta de progresso da polícia em descobrir a identidade daqueles que encomendaram o assassinato em 16 de outubro do ano passado. Três homens estão sendo julgados por plantar a bomba, mas acredita-se que aqueles que ordenaram o assassinato ainda estejam em liberdade e que a investigação policial esteja em andamento.

?Agora estamos comemorando o aniversário do assassinato e ainda assim os resultados não estão aqui?, disse Jourová. ?Agora, depois de um ano, estou ficando impaciente?.

Jourová descreveu o assassinato como um ?jogo de mudança?, acrescentando: ?Sabemos que papel dos jornalistas devem desempenhar, se eles pararem, iremos para o inferno?.
.
Seus comentários acontecem quando o Guardian publica uma investigação levantando novas questões sobre a influência de um importante protagonista na indústria dos "passaportes de ouro", a Henley & Partners, nos estados caribenhos que foram pioneiros em tais esquemas.
.
A investigação está sendo publicada sob a bandeira do Projeto Daphne, uma colaboração de 18 organizações de notícias de 15 países, formada para dar continuidade às investigações iniciadas por Caruana Galizia.
.
A jornalista havia levantado preocupações em sua reportagem, entre outros assuntos, sobre Henley e sua relação com o governo liderado pelo primeiro-ministro trabalhista de Malta, Joseph Muscat.
.
Em Malta, um indivíduo pode ganhar a cidadania em troca de uma contribuição de ? 650.000 para o fundo de desenvolvimento do país e a compra ou arrendamento de propriedades, bem como investimentos de pelo menos ? 150.000 em títulos do governo.
.
O esquema de Malta não exige que os novos cidadãos realmente gastem qualquer tempo nas propriedades que compram ou alugam no país. O esquema foi concebido e é agora gerido pela Henley, que recolhe comissão sobre todos os passaportes vendidos e até agora ganhou 19 milhões de euros do contrato.
.
Henley diz que há um valor social significativo criado por meio desses programas, o que pode estimular o investimento estrangeiro e impulsionar o PIB local. Tanto a Henley quanto a Muscat defenderam consistentemente o uso de tais esquemas e insistem que, para evitar que os abusos ocorram, os requerentes são minuciosamente examinados com antecedência e devem passar por rigorosasverificações contra listas de sanções e registos na Interpol e no tribunal penal internacional.  
 .
A investigação se concentra em como Henley estabeleceu seus negócios no Caribe e se comunicou extensivamente com o agora falecido consultor eleitoral britânico, Alexander Nix, e sua empresa SCL. Liderado pelo Forbidden Stories da França, o Projeto Daphne inclui o Guardian, a Reuters, a Tamedia, da Suíça, o Süddeutsche Zeitung, da Alemanha, e o Le Monde, da França. Reportagem adicional de Stephanie Kirchgaessner, Arthur Bouvart, Lena Kampf e Jean-Baptiste Chastand.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/bLopg5Hpuu4/passaportes-de-ouro-ameacam-seguranca.html

COISAS E LOISAS DE 17 DE OUTUBRO - 16Out2018 21:49:00



Enquanto houver dinheiro, haverá socialismo, e não haverá quem os derrube

Ao invés das grandes indignações este é o estado normal da nação. Ninguém melhor que o PS conhece o povo português, os seus desejos, as suas fraquezas, e as suas necessidades. O PS não desilude, e o que era uma promessa é agora uma certeza. Estão para ficar. O socialismo está para durar! ?As remodelações têm esse encanto. Fazem-se de modo discreto e são tanto mais eficazes quanto mais Continua...

Apenas 36 das 366 casas (10%) destruídas em Outubro de 2017 estão concluídas

O número, datado de 9 de Outubro (o mais recente), engrossou na semana anterior, já que, a 2 de Setembro, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C) dava conta de apenas oito. Os contratos de empreitada mandam que as obras acabem até Dezembro mas, em muitos casos, a data é irrealista. Aquele foi o dia do maior episódio piroconvetivo da história da Europa e maior Continua...

Governo desistiu de multar SIRESP por falhas nos incêndios

O Ministério da Administração Interna (MAI) admitiu que, por falta de provas, não foram aplicadas multas ao SIRESP ? a empresa que gere a rede de emergência nacional ? pelas falhas no incêndio de Pedrógão Grande, que em Junho do ano passado fez 64 vítimas mortais. Segundo explica o jornal Público, não ?foram recolhidas evidências? que mostrem que a empresa SIRESP, SA não cumpriu o Continua...

Manuel Caldeira Cabral, o ministro da economia mais irrelevante desde 1974

O descaramento, a falta de vergonha, o reconhecimento enviesado do falhanço das políticas de esquerda, a infantilidade da total responsabilidade pelos miseráveis resultados e o piedoso e mentiroso auto arrependimento deste senhor alegre, mais uma entre as muitas nulidades deste governo ao serviço da mistificação, merece uma só observação: INCOMPETÊNCIA. A estagnação da economia portuguesa não Continua...


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/KCJwszAjHTM/coisas-e-loisas-de-17-de-outubro.html

"O CU ANDANTE" - 16Out2018 21:37:00

Onda de calor... nos tempos da TROIKA.
.
Ponham-se a pau que este calor de época não é nada saudável, o sol directo ma mona é tipo pica miolos, os estragos já se fazem sentir e não é só nos melões, os exemplos sucedem-se em catadupa.

.
Santana Lopes que de vez em quando abre a boca, nunca se sabendo se entrará mosca ou sairá asneira, só agora deu conta que a troika esteve instalada em Portugal, certamente por "andar por aí", como sempre, distraído. Tão distraído que não sabia que os três mosqueteiros afinal eram quatro.

.
Lembrou-se agora de criticar a falta de "autoridade, transparência e humildade" das instituições que constituiram a "troika" (CE, BCE e FMI), mas esqueceu-se de aí incluir o ex-governo do seu partido, o quarto mosqueteiro dessa troika maldita. Tão depressa falou tão depressa voltou a andar por aí. Que vá pela sombra.

.
Outro a quem o calor começou a dilatar o cérebro é Jorge Miranda, o constitucionalista, diz-se irritado porque não encontra na constituição razão para a entrada e permanência da troika em Portugal. Vão ver que a manter-se o calor ainda vai descobrir que afinal a constituição foi alterada diariamente e não é de agora. Só espero que a massa encefálica não lhe comece a sair pelos ouvidos. Quem privar com ele que lhe recomende um saquinho de gelo na cabeça e à cautela a ingestão de muitos líquidos, água de preferência.

.
Mas o que se passa com esta gente para ser assim tão de repente vítima da onda de calor?
.
Água fresca, água fresca.
Cavalgando a onda de calor o ex-pirómano de S. Bento ateava fogo ao que resta do país.

.
Vocês por amor de deus cuidem-se, o calor ainda vai durar mais uns dias, o melão vai continuar a mirrar e as outras frutas a cair antes do tempo. Quem vos avisa vosso amigo é. Água para cima deles! De quê é que estão à espera para ligar a mangueira? Só mesmo quando já não houver água?


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/bNDv424Bzig/o-cu-andante.html

Carta aberta de Gaspar Macedo a Ramalho Eanes... - 16Out2018 07:21:00


... ENCAMINHE-SE!
 Caro General Ramalho Eanes, 
.
ultimamente o Portugal que serviu enquanto Presidente da República tem-se chocado com o aproveitamento que muitos membros da nossa classe politica interpretam. Somos o país que consegue sentir o choque do ridículo mas que normaliza tais comportamento porque, como sabemos, ?todos os políticos são iguais?.
.
Ficamos surpreendidos quando soubemos que em média, entre 2006 e 2013, os nossos governantes gastaram 295 euros por refeição. Ficamos admirados com a notícia de José Conde Rodrigues , ex-secretário de Estado da Justiça, que gastou 13.657 euros dos fundos públicos na compra de 729 livros para beneficio próprio.
.
Ficamos pasmados com o caso da ex-ministra da Saúde Ana Jorge, ao ter usado um cartão de crédito em nome do Estado (para despesas urgentes de trabalho) em lojas de roupa, ourivesarias ou no El Corte Inglés.
.
Ficamos boquiabertos com o ex-ministro da economia, Manuel Pinho, que recebeu 1 milhão de euros na sua Offshore depois de beneficiar a EDP em vários contratos de parceria.
.
Ficamos espantados, mais recentemente, com o ministro-adjunto deste executivo que embora advogado de elite disse desconhecer a lei que o impedia de acumular cargos públicos com outros cargos em empresas privadas.
.
Enquanto grande parte da nação ajoelha-se boquiaberta e volta a esquecer estes abusos, como se um anulasse o anterior, não consigo esquecer o Presidente da República que num período de grandes dificuldades financeiras, consta que vendeu a sua própria casa de férias para pagar os custos que a presidência não conseguia suportar. Não consigo deixar de relembrar o individuo que tinha apenas dois fatos e que recebia as visitas ao Palácio de Belém com um chá depois da hora de jantar, para evitar custos desnecessários. Esse foi o senhor.
.
Em julho de 2017 o país ficou a conhecer o caso dos três secretários de Estado que beneficiaram de viagens pagas pela empresa Galp, antes de ser aprovado um benefício fiscal em dezenas de milhões de euros à mesma empresa. José Sócrates defendeu que as críticas se tratavam de ?um excesso de patriotismo?, considerando que as suspeitas sobre os governantes eram ?estapafúrdias? e António Costa não hesitou em reforçar a ?relevante e dedicada colaboração dos três Secretários de Estado nas funções desempenhadas no XXI Governo Constitucional?.
.
Em abril de 2018 chegou a público os milhares de euros de que vários deputados beneficiaram ao receberem em duplicado o valor das viagens que faziam em ?nome do interesse nacional?. Carlos César, líder parlamentar do partido socialista e parte desse grupo, logo declarou não se sentir culpado por não ter feito ?nada de errado?, sendo que o ?atual modelo vigora há décadas e foi utilizado por altos cargos do Estado?. Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da Republica, declarou a inocência dos parlamentares que nas suas palavras não tinham ?cometido nenhuma ilegalidade?.
.
Não esqueço o homem que RECUSOU receber 1 milhão de euros do erário publico, com o acumular de dezenas de anos sem receber a subvenção que tinha direito, após o parecer do Provedor de Justiça em 2008 ter defendido que todos os Presidentes deviam ser tratados de igual forma.
.
Deparamo-nos com um ex-primeiro ministro que fez da acção política o benefício dos seus interesses pessoais, onde até históricos como Arons de Carvalho defendeu não achar ?reprovável uma pessoa viver com dinheiro emprestado"
.
Vivemos na realidade de vários governantes e parlamentares que acumulam os vencimentos com ajudas de custo e subvenções vitalícias, de dezenas de nomes da política que acabaram nas administrações de grandes Bancos e Grupos Económicos, uma Assembleia da Republica onde se misturam os escritórios de advogados e as grandes empresas com as leis que se aprovam e propostas, como a do grupo parlamentar do partido socialista a janeiro deste ano, para tornar o lobby, a representação dos interesses de particulares nos corredores do poder, numa profissão reconhecida pela lei.
.
Aqueles que fazem da desaprovação o consentimento, esquecem-se que Portugal já teve como líder máximo um individuo que promulgou a lei que o impediria de acumular o salário presidencial com as restantes pensões a que teria direito, abrindo mão da pensão choruda de General. Só serviu os interesses de quem o elegeu e não de quem o tentou financiar.
.
Por isso, tenho orgulho em afirmar que por muito chocante que possa parecer, António dos Santos Ramalho Eanes, o primeiro Presidente da República democraticamente eleito após o 25 de abril, é o anormal no meio de um panorama político podre que para muitos é a norma controladora.
.
Sei que o senhor não é perfeito e podemos até ter as nossas divergências ideológicas, mas pelo menos tenho a certeza de que nunca fez parte do grupo que se aproveita do poder para se apoderar dos recursos que pertencem apenas aos portugueses. É para mim uma honra recordar uma Nação inteira que se deprime com os muitos que a serve, de que nem ?todos os políticos são iguais? e de que enquanto houver quem no senhor se inspire haverá sempre esperança. Ao contrário do que alguns dirão, recordá-lo não é ?estar preso ao passado? senão querer um futuro onde o mais simples português não tenha de voltar a justificar a miséria do país com os políticos que são ?sempre iguais? e que insistem em ?não mudar?.
.
Por muito mau que o presente possa parecer eu não o esqueço, senhor presidente.
Tenho dito.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/OJgF7Y-inlM/carta-aberta-de-gaspar-macedo-ramalho.html

PS COMPANHIA ANÓNIMA DE IRRESPONSABILIDADE ILIMITADA - 16Out2018 06:57:00

                                    
                     
O BARÃO DOS AÇORES - PERFEITO ARTISTA



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/SezjNFZ8hp8/ps-companhia-anonima-de.html

"QUEM FALA VERDADE NÃO MERECE CASTIGO!" - 16Out2018 05:55:00

José Manuel Serôdio
Ontem às 06:46

? António Costa : o "encantador-de-burros".
O actual "primeiro-ministro" de Portugal, sr. António Costa, é um "chamuça" sem-vergonha e um oportunista, são-lhe desconhecidas capacidades, ou méritos relevantes para ocupar o cargo que usurpou, nem Cultura Lusíada e até, correcção no seu falar português (só "arranha"), para ser primeiro-ministro de Portugal (Costa é um primeiro-ministro minoritário de um certo Portugal-Rurícola, que ocupa o cargo sem nunca ter sido votado para o ser!).

.
No entanto, pasme-se, é o primeiro-ministro que temos?!
.
A mãezinha do sr. António Costa tinha, e teve, todo o direito de andar a palitar a 'rata' com quem bem quis e escolheu, à sombra dos coqueiros goeses, pois cada um escolhe o xuxú da sua marmita.

.
No entanto, todos nós, os verdadeiros portugueses de Portugal, é que não temos que andar a apanhar com a "luminária" que a sua gravidez produziu, e que usurpou o cargo de primeiro-ministro de Portugal Rural sem votação democrática para ocupar tal cargo, decisivo para os destinos do nosso país e do nosso povo.

 .
Quando é que ele se vai embora (para algum cargo cheio de mordomias, bem Lá Longe, lá da "CEE" ) ?
Triste sina a nossa ?!
.
Devemos pedir contas ao senhor "primeiro-ministro" de Portugal, o chamuça do tal Costa-goês : porque é que ele anda a desviar fundos estatais para financiar a construção de "mesquitas" em Portugal se, essa religião de vândalos e bandidos terroristas, anda a praticar o Terror militante pelo Mundo inteiro ?
.
Costa, o goês-de-peito-e-barriga-cheio-dele-próprio, recentemente, entregou cerca de 4 milhões de euros do orçamento geral do Estado, para a construção de uma "mesquita" num lugar "prime" de Lisboa, a capital portuguesa : nada mais nada menos do que perto da praça do Martim-Moniz, em Lisboa.
.
...e aí temos o resultado infame : a nossa querida e linda praça do Martim-Moniz, no centro de Lisboa, transformada numa "monhé-town", e num gueto dos capivaras ; qualquer dia nem sardinhas assadas, nem leitões no espêto, (quer á moda de "Negrais", quanto mais da "Bairrada"), poderemos assar, e desfrutar naquela zona "prime da capital portuguesa e, quiçá até veremos vaquinhas-"sagradas" por ali, a empatar o trânsito e a encher as calçadas com xorume e estêrco, tal como acontece lá nas terras deles, na Índia e Paquistão.
.
Sugiro que vão construir a "mesquita" lá para os lados da Quinta-da-Atalaia, mesmo ao lado da "Festa-do-Avante", pois jogam uma coisa com a outra : o fascismo muçulmano, com o fascismo-totalitarista-e-parasita do pseudo-"comunismo".
E mais nada!





Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/W8qhc2qf0CI/quem-fala-verdade-nao-merece-castigo.html

COISAS E LOISAS DE 15 DE OUTUBRO - 15Out2018 13:39:00

Que o ministro da defesa encobriu o roubo de Tancos já todos sabemos. E António Costa, não sabia de nada?

Azeredo saiu e tem de ser chamado a depôr em inquérito. E espero que a PJ tenha material incriminatório. Por bem menos ? muito menos ? do que a atentados ao Estado de Direito e à Democracia, a PJ andou, em outros tempos, a escutar ministros. É claro, há uma suspeita sobre Costa. Se o ministro sabia, Costa só tinha de saber. Pintem o que quiserem. Este caso de protecção Continua...

Sabem de quem é filho o novo ministro da Defesa? não sabem?

O novo ministro da Defesa é filho daquele que em tempos idos quando foi ministro, correu com o general Garcia dos Santos da direcção da defunta Junta Autónoma das Estradas, por ele andar a tentar limpar a corrupção e a tentar expurgar os corruptos (socialistas maioritariamente) que infectavam completamente a dita instituição? É isto, não é? É filho daquele que falava muita vez contra Continua...

A próxima Mariazinha de Belém

Vai uma aposta que a nova ministra da saúde, foi escolhida só para vir cortar fitas, dar uns passeios pelos hospitais, fotos, beijinhos e abraços, e com ordens expressas para não fazer nada nem mexer em absolutamente nada, e manter-se o mais longe possível até às eleições, de tudo o que possa causar discórdia insatisfação ou contestação por parte do funcionalismo, sindicatos, clientelas e Continua...

É preciso continuar a denunciar até à exaustão, a enorme fraude que são os partidos de esquerda

O que mais me enoja, me dá asco, repulsa é a falsa superioridade moral com que a Esquerda se exibe, perante o eleitorado e os meios de comunicação social. Gente repulsiva, verdadeiros estercos humanos a tentarem passar a imagem, de que partilham valores e conceitos éticos. São os mesmos que apregoam o socialismo para alguns, enquanto vivem em condomínios fechados, com seguranças, com todas as Continua...



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/JQs9XkGwYFo/coisas-e-loisas-de-15-de-outubro.html


Bolsonaro em 5 minutos. Assustador! (VIDEO) - 15Out2018 03:48:00


(Recebido de João Nobre)

Os comunistas e a putada toda da esquerda e da maçonaria nem têm noção daquilo que eventualmente lhes espera se o Bolsonaro ganhar a eleições no próximo dia 28, algo que de resto, está já praticamente garantido.


Isto é orgásmico, a sério, ver e ouvir o Bolsonaro a dizer que vai mandar torturar e matar a comunalha é quase melhor que dar uma queca!


O Trump é um mero menino de coro comparado com Bolsonaro e o único estadista que a meu ver pode realmente equiparar-se ao estilo de Bolsonaro é o Presidente das Filipinas, o grande Rodrigo Duterte.





Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/MBGbsfplY7M/bolsonaro-em-5-minutos-assustador-video.html

"Roubado" ao meu amigo Rui Mendes Ferreira - 15Out2018 01:13:00




SEMPRE.  ESTAMOS  BEM  ENTREGUES...


Pergunta do dia:

O novo ministro da Defesa é filho daquele que em tempos idos quando foi ministro,  correu com o general Garcia dos Santos da direção da defunta Junta Autónoma das Estradas, por ele andar a tentar limpar a corrupção e a tentar expurgar os corruptos (socialistas maioritariamente) que infectavam completamente a dita instituição?

É isto, não é?
É filho daquele que falava muita vez contra a corrupção mas que ao longo de toda a sua carreira em cargos políticos e de governo nunca lhe ouvimos dizer que descobri casos de corrupção, nunca o vimos denunciar ou acusar nada nem ninguém,  nunca nada fez nem produziu qualquer medida, decisão, ou ação, concreta e materializada, ou  que fosse producente e consequente contra a dita corrupção.

É o filho deste, não é?
É o filho daquele que falava, berrava, ameaçava, vociferava contra os corruptos e contra a corrupção, e prometia mundos e fundos contra a dita, mas após lhe oferecerem um cargo dourado e principescamente remunerado numa instituição internacional, ficou largos anos remetido ao silêncio?

É o filho deste, não é?

Na Itália a "Camorra" é tb uma coisa que só diz respeito a "La Famiglia", e que só dentro dela se pode manter e perpetuar.

Uma "cosa nostra", dizem eles.

E se fosse algum familiar do César ou do Vieira da Silva, talvez já ficasse um pouco mal.
.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/7ULNGHpEQgc/roubado-ao-meu-amigo-rui-mendes-ferreira.html

"O CRAVINHO NUNCA ENGANOU NINGUÉM COMO OPORTUNISTA" - 15Out2018 00:31:00

Cravinho à medida do MPLA



João Gomes Cravinho é o novo ministro português da Defesa, em substituição de José Azeredo Lopes. Trata-se de um perito de longa tradição socialista e certamente merecedor de um doutoramento ?honoris causa? pelo MPLA. Por alguma razão este figurão comparou, em Novembro de 2005, em entrevista ao Expresso, Jonas Savimbi (que tinha morrido três anos antes) a Hitler.

Em tempos, a Comissão de Negócios Estrangeiros do Parlamento português quis ouvir o então secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação (João Gomes Cravinho) sobre a situação na Guiné-Bissau. Na altura, o caso do ex-chefe da Armada guineense, Bubo Na Tchuto, foi é revelador do que Portugal (não) pensa sobre a Guiné-Bissau.
.

Em Janeiro de 2010, quando oficialmente Bubo Na Tchuto era procurado pela justiça e se tinha refugiado na sede da ONU em Bissau, João Gomes Cravinho disse que o caso veio ?expor completamente a fragilidade das instituições? guineenses.
.

Basta ler (se alguém tiver paciência para isso) o que Gomes Cravinho disse uma vez, nem que seja há um par de anos, para se saber que sempre que fala da Guiné-Bissau usa as mesmas ideias, os mesmos argumentos, a mesma teoria e, é claro, a mesma passividade.
.

O então secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal só altera o nomes dos protagonistas. Na altura foi Bubo Na Tchuto, tal como já foram, entre outros, Hélder Proença, Baciro Dabó, Tagmé Na Waié e João Bernardo Nino Vieira.
.

E por falar em Gomes Cravinho, recordam-se que ele afirmou no dia 4 de Dezembro de 2007 que a União Europeia devia libertar-se da ?bagagem colonial? na relação com África, reconhecendo que o continente ?é hoje um igual? com ?progressos notáveis? nos últimos anos?
.

E por falar em Gomes Cravinho, recordam-se que ele comparou em Novembro de 2005, numa entrevista ao Expresso, Jonas Savimbi (que tinha morrido três anos antes) a Hitler?
.

E por falar em Gomes Cravinho, é de crer que um dia destes irá dizer que ?Nino? Vieira foi outro Hitler africano. Isto porque o então secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, hoje ministro da Defesa, tem coragem suficiente para fazer destas afirmações sobre pessoas depois de eles terem morrido.
.

Sobre os vivos, por muito mais que eles se assemelhem a Hitler, como é o caso de José Eduardo dos Santos, Cravinho apenas sabe estar calado.
.

No dia 18 de Janeiro de 2010, João Gomes Cravinho afirmou que o Governo português acompanhava com a «atenção normal» a situação na província angolana de Cabinda, defendendo que o importante é a detenção de responsáveis de ataques criminosos.
.

Não está nada mal. Até parece que, para os donos do reino lusitano, falar de Cabinda ou de Zoundwéogo é exactamente a mesma coisa. Lisboa esqueceu-se, continua a esquecer-se, que os cabindas, tal como os angolanos, não têm culpa que as autoridades portugueses (grande parte delas do Partido Socialista) tenham, em 1975, varrido a porcaria para debaixo do tapete.
.

Quando interrogado sobre se o Governo português considerava preocupantes as notícias de detenções de figuras alegadamente ligadas ao movimento independentista na província de Cabinda, João Gomes Cravinho ? hoje, corrobore-se, ministro da Defesa -afirmou que «preocupante é quando há instabilidade e violência, como aconteceu com o ataque ao autocarro da equipa do Togo» a 8 de Janeiro de 2010.
.

Sim, é isso aí. Portanto, o MPLA pode prender quem muito bem quiser (e quer, continua a querer, todos aqueles que pensam de maneira diferente) que terá, como é óbvio, o apoio e a solidariedade das autoridades portuguesas.
.

Tal como fez em relação a Jonas Savimbi depois de este ter morrido, Gomes Cravinho não tardará (provavelmente só está à espera que eles morram) a chamar Hitler, entre outros, a Raul Tati, Francisco Luemba, Belchior Lanso Tati, Jorge Casimiro Congo, Agostinho Chicaia, Martinho Nombo, Marcos Mavungo ou Raul Danda.
.

João Gomes Cravinho explicou na altura que, «em relação ao mais» Lisboa acompanha o que se passa «pelas vias normais», isto é, pela comunicação social e pelos relatos feitos pela embaixada portuguesa.
.

Ou seja, Portugal está-se nas tintas. E quando Cravinho diz que Lisboa acompanha o que se passa pelos relatos feitos pela embaixada portuguesa estava a esquecer-se que a embaixada lusa se limitava, como se limita hoje, a ampliar a versão oficial do regime angolano.
.

Como se já não bastasse a bajulação de Lisboa ao regime angolano, ainda temos de assistir à constante passagem de atestados de menoridade e estupidez aos portugueses por parte de alguém que, depois do desastroso papel como secretário de Estado, chega a ministro da Defesa.

Partilhe este Artigo


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/6I9JXmFQdYc/o-cravinho-nunca-enganou-ninguem-como.html


COMANDANTE PORTAS E A SUBMARINADA COM TODOS. - 14Out2018 23:23:00

AGORA QUE JÁ (FINALMENTE!) CONCLUIRAM AS INVESTIGAÇÕES A SÓCRATES, QUANDO É QUE REABREM (JÁ DEMORA!) A DOS SUBMARINOS/PORTAS??...

Carlos Garcia
.
À MARGEM: Este Portas foi um político "execrável", como tantos outros, que têm surgido nos meandros da política portuguesa. Este "filho da mãe" enrolou uma boa parte dos portugueses. Para acelerar o partido CDS, um defunto, seguiu pela feiras a beijar e abraçar velhos e velhas para  cativar votos. Outro igual a ele, aapelidado de cherne, enganando os que votaram nele. 
 .
Durão Barroso, deu-lhe o pé e a mão, entrou no Governo, é nomeado Ministro da Defesa, onde viria a encher o olho com material, circulante, obsoleto, que parece estar arrumado a um canto. Compra dois submarinos e é aqui que execrável ataca o "bandulho" com farfalhudas luvas. A coisa foi falada, mas o mesmo que ferreiro malhar em ferro frio.... 
 .
Continuou andar por aí e foi então que Passo Coelho propõe uma coligação e o CDS entra no Governo e o execrável deseja ser o "mandão" do Palácio das Necessidades e da "aleijada" diplomacia portuguesa. Viajou que se fartou à conta da barba longa do contribuinte. 
 .
Foi olhando pela sua vidinha e, desancou do CDS e foi servir companhias a quem ele favoreceu de quando MNE. Anda por aí à espera que haja outra oportunidade de entrar para o Governo. O real "pulha" que a Justiça não lhe deita a mão e meta atrás das grades, O lugar certo para este execrável.
José Martins



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/YUDhOmOk1ZA/comandante-portas-e-submarinada-com.html

"O MONHÉ LADRÃO - SÓ NUM PAÍS COMO PORTUGAL BEIJA-CU A MONHÉS" - 14Out2018 23:07:00

Carlos Garcia partilhou uma foto
3 h ·
E ACEITOU... PUDERA !!!...

Manel Carvalho
10 de Outubro de 2014
-
À MARGEM: Quis o destino, depois de tantas e mais andanças no mundo de Cristo, lidar com monhés em Moçambique. Todos eles e muitos que havia na pérola do Índico dedicavam-se a negócios em cantinas distribuídas pelo mato. Abasteciam-se da Beira dos grandes armazens dos monhés, aos quais lhes dava crédito. Nunca se assimilaram aos europeus. Os naturais de Moçambique diziam: "primeiro, branco, segundo nós, terceiro cão e quarto monhé. Era esta a classificação do monhé onde este "crápula", nascido em Moçambique, está incluído abaixo de cão. 
José Martins


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/15MHsIOJHtc/o-monhe-ladrao-so-num-pais-como.html

AINDA VAMOS PAGAR O ESQUEMA DO "ORELHAS" ARTISTA" - 14Out2018 22:52:00

Estado assume dívida de Luís Filipe Vieira ao BPN

Dívida de 17 milhões de euros passou para a Parvalorem. Falta ainda apurar se resultou de esquema fraudulento, avança o "Diário de Notícias".
Estado assume dívida de Luís Filipe Vieira ao BPN
Negócios 21 de novembro de 2013 às 08:59
O presidente do Benfica e um sócio estão há quatro anos a ser investigados acerca do seu alegado envolvimento num esquema fraudulento que prejudicou o BPN. Mas os prejuízos da operação, avaliados em 17 milhões de euros, já foram transferidos para o Estado, que arcará com eles.

Segundo a edição desta quinta-feira do ?Diário de Notícias?, o Estado, através da Parvalorem (empresa que gere os créditos do BPN), herdou uma dívida de 17 milhões de euros dos empresários ao banco. Esta dívida poderá ter sido gerada por uma burla orquestrada por Luís Filipe Vieira e o seu sócio Almerindo de Sousa Duarte, uma situação que ainda está sob investigação e da qual o "DN" dá alguns pormenores.  

O crédito estava colocado no BPN IFI em Cabo Verde mas, segundo relata o jornal, o BIC, liderado por Mira Amaral, recusou-se a herdá-lo, pelo que o encargo ficará à responsabilidade da Parvalorem.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/gV3ChnbxTxs/ainda-vamos-pagar-o-esquema-do-orelhas.html

"LULA E A COBIÇA" - 14Out2018 14:31:00

Lula é vítima da própria cobiça, soberba e desonestidade. Acabou perdendo tudo que pensava ser seu


Nem ainda foi preso, e o ex-presidente Lula já está pagando por todos os seus pecados. E crimes. Ganancioso e arrogante, o petista foi duramente atingido pelas consequências de seus erros históricos e perdeu praticamente tudo que tinha. Ficou sem o tão querido sítio de Atibaia, sem o triplex, sem a cobertura em São Bernardo, sem as palestras, sem o tesouro que roubou do Palácio do Planalto, sem a mulher, sem moral e sem credibilidade. Lula é o primeiro ex-presidente do país a ser condenado por crime de corrupção e lavagem de dinheiro.

Nunca o efeito bumerangue foi tão devastador na vida de um sujeito. Me faz lembrar uma das passagens mais prosaicas do livro Zorba, o Grego, de Níkos Kazantzákis. Acompanhe abaixo:

"Fui deitar-me em minha cabina e peguei um livro: Buda governava ainda meus pensamentos. Li o Diálogo de Buda e o Pastor,que nos últimos tempos me enchia de paz e segurança.20

O Pastor ? Minha refeição está pronta, minhas ovelhas cuidadas. À porta de minha cabana está passando o ferrolho, e meu fogo está aceso. E tu, céu, podes chover quando quiseres!

Buda ? não preciso mais nem de comida nem de leite. Os ventos são meu teto, meu fogo se apagou. E tu céu, podes chover quando quiseres!

O Pastor ? tenho bois, tenho vacas, tenho os pastos de meu pai,e um touro para cobrir minhas vacas. Eu tu, céu, podes chover quanto quiseres!

Buda ? não tenho bois nem vacas. Não tenho pastos. Não tenho nada. Não tenho medo de nada. E tu, céu, podes chover quanto quiseres!

O Pastor ? tenho uma pastora dócil e fiel. Há alguns anos ela é minha mulher, e sinto-me feliz em brincar com ela à noite. E tu, céu, podes chover quando quiseres.

Buda ? tenho uma alma dócil e livre. Há alguns anos eu a exercito e ensino-lhe a brincar comigo. E tu, céu, podes chover quando quiseres.

Essas duas vozes falavam ainda quando veio o sono. O vento se tinha levantado de novo, e as ondas quebravam sobre a escotilha de vidro grosso. Eu vagava como fumaça entre a vigília e o sono. Uma violenta tempestade caiu, os prados escureceram, os bois, as vacas e o touro foram tragados. O vento arrancou o telhado da cabana e o fogo apagou-se. A mulher deu um grito e caiu morta na lama. E o pastor começou a lamentar-se; ele gritava, eu não entendia o que dizia, mas ele gritava; e eu mergulhava cada vez mais no sono, deslizando como um peixe no mar."

Lula está gritando.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/txkXr75Og94/lula-e-cobica.html

"MUDAM-SE AS MOSCAS E FICA A MESMA M********" - 14Out2018 11:39:00

António Costa substitui quatro ministros. Saúde, Cultura e Economia acompanham Defesa

14 out, 2018 - 11:04

Gomes Cravinho substitui Azeredo Lopes, Marta Temido vai para a Saúde, Graça Fonseca sobe à Cultura e Siza Vieira assume também a Economia.

O embaixador João Gomes Cravinho é o novo ministro da Defesa. António Costa aproveita a saída de Azeredo Lopes e faz uma remodelação no executivo, mudando quatro ministros.
Para além da Defesa, o primeiro-ministro nomeou Marta Temido para a Saúde, Graça Fonseca passará a ser a responsável pela cultura e Pedro Siza Vieira assume também a Economia, mantendo o cargo de ministro-adjunto.
Este último ministério perde ainda a secretaria de Estado da Energia, que passa para a tutela de João Pedro Matos Fernandes. O Ministério do Ambiente passa agora a chamar-se "Ministério do Ambiente e da transição energética".
O Governo reduz assim o número de ministérios, uma vez que Pedro Siza Vieira passa a ser ministro Adjunto e da Economia.
Saem do executivo Adalberto Campos Fernandes, da Saúde, Manuel Caldeira Cabral da Economia e Luis Filipe Castro Mendes da Cultura.
Estão ainda por anunciar os secretários de Estado da Saúde, Economia, Cultura, Ambiente e Transição Energética e Modernização Administrativa.
O anúncio foi feito através de uma nota no site da Presidência da República.
Os novos ministros tomarão posse na segunda-feira, às 12h00, no Palácio de Belém.

As mudanças no executivo:
De acordo com uma nota no site da Presidência da República, estes são os novos membros do governo:
- Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Gramaxo de Carvalho Siza Vieira;
- Ministro da Defesa Nacional, João Titterington Gomes Cravinho;
- Ministra da Cultura, Graça Maria da Fonseca Caetano Gonçalves;
- Ministra da Saúde, Marta Alexandra Fartura Braga Temido de Almeida Simões;


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/z7vsQm__JZk/mudam-se-as-moscas-e-fica-mesma-m.html


COISAS E LOISAS DE 14 DE OUTUBRO - 14Out2018 05:05:00



Bem vindos ao regresso do regabofe: autarquias vão poder furar limites de endividamento

Definitivamente, o socialismo é mesmo uma doença do foro mental, incurável, e altamente infecciosa. Os municípios que se endividem para construírem casas para habitação acessível ou para reconstruírem infraestruturas e equipamentos afectados pelos incêndios de 2017 podem ir além dos limites impostos pela lei. A redacção actual da lei impede que as autarquias ultrapassem a ?31 de Continua...

A imprensa é criminosa por não mostrar o que verdadeiramente se passa na Venezuela.

Pessoas a comerem os seus animais de estimação, a morrerem por falta de medicamentos básicos e ainda por não mostrarem vídeos a explicar aos cidadãos o que na realidade pretende Haddad com o seu programa eleitoral? erigir um Estado totalitário, estilo Coreia do Norte. Duvido que em Portugal alguém mais votasse na Esquerda. Por isso os debates foram varridos dos vários órgãos Continua...

A bofetada que Fernando Negrão deu a António Costa

Que bofetada tão grande que lhe deu Fernando Negrão. Acertou-lhe mesmo em cheio nas bochechinhas políticas. Sempre que alguém não lhes elogia o alegado sentido de Estado, mesmo que tardio, ficam a contorcer-se todos nas cadeiras. Gostam muito pouco de contraditório e de oposição que lhes toque no nervo. Temos pena.   A CARTA DE ANTÓNIO COSTA ?Lisboa, 4 de Outubro Caro Dr. Fernando Continua...

O socialismo e o comunismo terão sempre o mesmo desfecho: a miséria

AS MESMAS CAUSAS GERAM SEMPRE OS MESMO EFEITOS? Princípio da causalidade que é inelutável? Vem isto a propósito da fotografia que o jornal ?Público? traz na primeira página na sua edição de 4 de Outubro, reproduzida em supra, edição digital e que reporta a um supermercado na Venezuela, em que as prateleiras estão completamente vazias e em vez de bens de primeira necessidade, carne, leite Continua...


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/kbxiDJ-Dnvk/coisas-e-loisas-de-14-de-ioutubro.html

Países mais visitados da Ásia - 14Out2018 04:55:00



Breaking News 14 de outubro de 2018 01:00

Por DataLeads
Rede de Notícias da Ásia
NOVA DELI
 
A região do Sudeste Asiático recebe o maior número de viajantes com a China no topo da lista, de acordo com o relatório da Organização Mundial do Turismo.

O turismo tem sido um dos crescentes setores econômicos em todo o mundo. De acordo com o relatório da Organização Mundial do Turismo, as chegadas de turistas internacionais aumentaram de 25 milhões em todo o mundo em 1950 para 278 milhões em 1980, 674 milhões em 2000 e 1.235 milhões em 2016.

A região da Ásia-Pacífico é responsável por 30% das receitas internacionais de turismo do mundo. A região superou as demais regiões em termos de crescimento, com as chegadas de turistas internacionais aumentando em média 7% ao ano em comparação com a média mundial de 4%.

A China continua sendo um dos principais destinos da Ásia. Ele atraiu o maior número de turistas da região, com um número recorde de entrada de 59,27 milhões de pessoas no ano de 2016. Grande Muralha da China atrai maior número de visitantes, seguido pela Cidade Proibida, palácios da dinastia Ming. Além das proezas arquitetônicas, a China tem muitos locais naturais que atraem turistas internacionais.

A Tailândia atraiu o segundo maior número de turistas da região, com 32,58 milhões de visitantes em 2016. O país tem uma política de vistos fácil, que facilita a viagem dos turistas. A Malásia atraiu 26,75 milhões de turistas no ano passado, embora o número médio de dias de estadia tenha diminuído.

O Japão e a Índia seguiram com 24,04 e 14,56 milhões de turistas, respectivamente. Na Índia, foi um novo recorde desde que a chegada de turistas estrangeiros ultrapassou os dez milhões pela primeira vez e elevou os ganhos do país para 27 bilhões de dólares. Os números também ajudaram o país a subir 25 posições no Índice competitivo de Turismo.

A Coreia do Sul teve o sexto maior número de turistas no ano de 2016. No entanto, os números caíram para baixo devido ao boicote de grupos turísticos chineses após a instalação da Coréia do Sul do sistema Thaad. Singapura e Vietnã seguiram com 12,91 milhões e 10,01 milhões de turistas, respectivamente.
.
Em 2017, a chegada de turistas às Filipinas subiu 11%, para 5,96 milhões. Os sul-coreanos continuaram sendo o maior número de visitantes do país. Ele foi seguido pelo Camboja, Laos e Sri Lanka. Os países menos visitados da região permaneceram na Mongólia, no Brunei e no Butão.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/AquiTailndia/~3/2m9SObyZ9-E/paises-mais-visitados-da-asia.html

Mansos e tansos - 14Out2018 03:58:00